Abrir Menu

5 dicas para CRM em dispositivos móveis

Por Ana Beatriz Ferreira

Muitos dos acessos à internet que realizamos diariamente são feitos através de dispositivos móveis. Em meio ao café, a caminho do trabalho, entre uma pausa e outra, estamos sempre (ou quase sempre) conectados, o que gera um grande impacto em todos os negócios que podem ser administrados virtualmente e, como consequência, uma tendência do mercado a migrar e a investir em mobilidade e presença online.

Na Gestão de Relacionamento com o Cliente, CRM, entretanto, o despreparo de algumas companhias faz com que tomem decisões precipitadas e sejam pouco relevantes nestes meios. Em decorrência de problemas tais quais a perspectiva com que se planeja a gestão de CRM para dispositivos móveis e a falta de compreensão sobre os problemas que necessitam ser resolvidos virtualmente, reorganizar as estratégias pode resultar em uma cultura móvel mais sólida.

Com mobilidade e CRM em vista, a Futurum deixa abaixo algumas dicas a respeito de como se planejar e realizar gestão empresarial nestes ambientes:

  1. Atente-se ao design e à utilidade da plataforma. Embora sejam questões aparentemente simples, devem ser repensadas para serem utilizadas em smartphones ou tablets. Se o software de CRM não estiver bem adaptado às tecnologias nas quais será implantado, a visualização e a compreensão do fluxo de dados poderão ser comprometidas, tendo em vista o fato de que a ferramenta trabalha com gráficos e aplicativos semelhantes.
  2. Possibilite à empresa um sistema funcional. Para transformar a cultura móvel de uma companhia, o essencial é que seus colaboradores a adotem como aliada em seu trabalho e não a vejam com apatia, como um recurso irrelevante em seu cotidiano. Disponíveis em SaaS, Software as a Service, as versões móveis de CRM, tendo em vista o produto Microsoft Dynamics, se estendem individualmente a diversos usuários e proporcionam um espaço de colaboratividade.
  3. Controle os recursos e as aplicações adicionados à plataforma. Com diversos recursos de gerenciamento de projetos, planejamento e gestão de marketing, a qual inclui acompanhamento e controle de métricas, Microsoft Dynamics CRM, em sua versão mobile, pode registrar informações a respeito de prospects, clientes e do andamento das transações comerciais. Facilitando sua utilização, recomenda-se filtrar o que há de mais importante para acompanhar também em dispositivos móveis, o que torna os negócios mais ágeis quando os profissionais necessitam se ausentar de seus ambientes de trabalho.
  4. Utilize aplicativos e outras integrações que agreguem valor à Gestão de Relacionamento com o Cliente. Com sincronização de dados e acesso offline, os recursos básicos do software já auxiliam bastante colaboradores que fazem uso mais frequente de smartphones e tablets. Acrescido de barras de comandos para controle de estágios de vendas, agenda de clientes e gráficos para análise de métricas, o CRM também permite uma ampla integração com outros aplicativos, a depender do sistema operacional do aparelho, com os quais o usuário pode estar mais familiarizado e, portanto, realizar um trabalho com ganho de produtividade.
  5. Proporcione autonomia ao cliente, mas sem desampará-lo. O conceito da presença em dispositivos móveis envolve, com grande predominância, a facilidade ao realizar e ao tomar decisões de compras. É necessário compreender que os clientes, extremamente envolvidos com estas plataformas, utilizam dispositivos móveis para conferir resenhas e avaliações de produtos, buscar cupons de desconto, comparar preços, consultar informações a respeito de empresas, criar listas de compras, entre diversas outras ações. Assim, ganham em poder de compra e autonomia. Isto não quer dizer, contudo, que a empresa deva negligenciar suas atenções ao mercado consumidor e a seu comportamento. A melhor alternativa, neste caso, é construir um canal de atendimento em que possa estar rapidamente disponível e fazer um controle do registro de ocorrências deste SAC. Sem desampará-los, empresas bem-sucedidas, que conseguem converter mais leads e prospecções, são aquelas que dão atenção à análise de dados e às boas práticas em plataformas para dispositivos móveis.