Abrir Menu

Indústria manufatureira e CRM

Por Ana Beatriz Ferreira

Em um ambiente regido pela globalização, setores da indústria manufatureira – tais quais mecânico, eletrônico, alimentício, automobilístico, aeronáutico, têxtil – envolvidos desde a produção de matéria-prima em bens de consumo à montagem de equipamentos, enfrentam momentos de crise econômica e precisam, neste contexto, adaptar sua gestão e o planejamento de produção para que possam manter os indicadores positivos.

Questões como inteligência empresarial e CRM, Gestão de Relacionamento com o Cliente, assim, se destacam enquanto alternativas para que os processos sejam mantidos sob controle e organização. Com isto, maior atenção poderá ser dada a fatores relacionados à qualidade, aos custos e ao desempenho da empresa, desde o atendimento às entregas.

Adaptado às necessidades de cada setor, que costumam envolver planejamento de projetos, faturamento, gestão qualitativa e de armazenamento, o software, baseado em nuvem ou com licença on-premise, permite ao usuário que aprimore os processos ligados a contatos, desde fornecedores a clientes, de modo a manter um bom diálogo, além de garantir a confiança destes em futuras negociações. Em decorrência de se tratarem, em sua maioria, de grandes vendas, é preciso dar atenção ao pós-venda e estabelecer um canal de comunicação eficaz.

Com recursos que permitem a colaboratividade entre equipes, o software de CRM oferece ferramentas que permitem compartilhamento de projetos, planilhas e listas de demanda e planejamento. Os profissionais, deste modo, controlam dados sobre o financeiro, compra de peças e matéria-prima e transportes. A indústria, com ganhos em agilidade, também amplia suas oportunidades e a confiança perante o mercado.

Ainda que no setor de manufatura o cliente primário não seja o indivíduo consumidor com o qual a Gestão de Relacionamento busca maior aproximação por meio de novas técnicas, entre elas o advento da presença social e em dispositivos móveis, o aperfeiçoamento destes processos de contato são igualmente capazes de promover bons resultados e retorno sobre investimento na indústria manufatureira. Com planejamento e boas estratégias, os avanços surgem como consequências.