Abrir Menu

Relacionamento com o cliente e atendimento humanizado no setor de Saúde

Por Ana Beatriz Ferreira

Entre os setores que prestam serviços à população, tanto em caráter público quanto privado, o da Saúde carrega consigo uma das maiores responsabilidades no que diz respeito ao tratamento de pessoas e à forma de atendê-las. Hospitais, laboratórios, clínicas médicas e associações de planos de saúde, assim, podem fazer bom uso da Gestão de Relacionamento com o Cliente.

Independentemente do tamanho da empresa, planejar a implementação de CRM, com os processos adequados, é uma atitude corporativa que pode auxiliar na assistência a pacientes e na captação de clientes para ofertas de planos familiares e individuais. Responsáveis por serviços indispensáveis à população, as organizações voltadas à área, que possui, assim, amplo mercado, têm como desafio uma abordagem humanizada, que não apenas conquiste a confiança e a fidelidade do público, mas também o acolha.

Através de uma solução Microsoft Dynamics CRM, há a viabilidade de se projetar um sistema que controle dados sobre pacientes e registre todos os diagnósticos antecessores deste, por exemplo. Interessante para hospitais e clínicas, os médicos residentes, uma vez treinados, podem assistir os enfermos e monitorar quadros patológicos. Com tecnologias que viabilizam a criação de agendas com controle de medicamentos, terapias e tratamentos, doentes crônicos, na condição de clientes, têm maior qualidade no modo de serem atendidos.

Para planos de saúde, por outro lado, o CRM é importante auxiliador comercial na captação de leads e prospecções. Ao driblar abordagens de marketing convencionais, que não raramente acabam por afastar clientes potenciais, a empresa adquire conhecimento sobre seu público-alvo e se prepara para dialogar de forma individualizada com este, diferencial frente a uma concorrência que se caracteriza por negligenciar seu ponto mais forte: o bom atendimento.