Abrir Menu

Agências de lazer e gestão de relacionamento com o cliente

Por Ana Beatriz Ferreira

Com a proximidade do fim do ano e a época de férias, não apenas escolares, contudo também do trabalho para muitos profissionais, é chegado o momento de agências de viagens de lazer investirem no marketing para chamar a atenção daqueles que desejam aproveitar bons momentos turísticos e que – muitas vezes – não se planejaram com antecedência.

Assim, são divulgados pacotes e mais pacotes repletos de promessas de descanso e de entretenimento que, uma vez cumpridas, podem ser fortes aliadas na fidelização de clientes e numa boa gestão de relacionamento. Para isto, é necessário conhecer o perfil do consumidor. Em 2014, por exemplo, de acordo com pesquisa encomendada pelo Ministério do Turismo à Fundação Getúlio Vargas, no período de setembro a novembro, as intenções de viagens domésticas dos brasileiros nos próximos seis meses chegaram a um percentual de 34%, evidenciado pelo momento pós-Copa do Mundo.

O aumento da taxa de câmbio do dólar, além disso, tem feito com que os turistas optem por viajar em suas próprias terras. Deste modo, faz-se necessária uma ação de marketing que seja capaz de chamar a atenção desta demanda com um conceito de exclusividade tão almejado, não apenas em experiência de lazer, contudo também de atendimento.

Atitudes básicas de uma equipe devidamente treinada podem gerar conversão significativa. E uma implementação de CRM adequada, nesta situação, agiliza, com automação, processos simultâneos, característicos desta época em que muita gente, para descansar ou visitar parentes queridos, procura os serviços de agências de lazer.

Com Gestão de Relacionamento com o Cliente, o agente qualificado organiza sua agenda de contatos, compartilha as informações sobre estes com outros membros da equipe de trabalho e passa a conhecer com mais profundidade o perfil do consumidor que deve atingir. Com a seleção das ferramentas adequadas, além disso, suas tarefas passam a ser gerenciadas de forma mais eficiente, o que pode garantir, em futuras altas temporadas, o retorno de clientela fidelizada e, principalmente, de indicações valiosas daqueles que ficaram satisfeitos, em definitivo, com os serviços prestados.